Archive for the serviço Category

É tudo mentira 2010

Posted in festivais, serviço with tags , on 12/04/2010 by Flávia Scherner

Bom, se existe o festival “É tudo verdade”, pq não o “É tudo mentira”??? Pois é!

Fomos hoje no Cine Olido, em São Paulo, onde tá rolando esse festival. A idéia é passar filmes que tenham a mentira como lema. Divertido, né? Vai até dia 22 de abril lá no Cine Olido e custa só 1 real!! Baratin, baratin!

Vc fica sabendo mais sobre o “É tudo mentira” no Zoom, sábado às 22:30

Anúncios

Pra quem está em Curitiba – Mostra Bastardos e Inglórios

Posted in festivais, serviço with tags , , , , , on 28/10/2009 by Flávia Scherner

Uma dica meio atrasada, já que o festival começou segunda e já acaba na sexta, mas ainda dá tempo de assistir algumas coisas:

APRESENTAÇÃO

O título da presente mostra é abertamente oportunista ao aproveitar-se da repercussão e da publicidade obtida pelo filme Bastardos Inglórios. É um atrevimento adequado para fazer jus ao recorte proposto: exibir os filmes menores, desconhecidos ou pouco vistos, o cinema B que não apenas alimenta Quentin Tarantino como constitui um submundo cinematográfico raramente exibido e discutido publicamente em Curitiba. Não é preciso ir muito longe para descobrir que essa mesma estratégia é a artimanha das produções de baixo orçamento que imitam temas, atores e campanhas de publicidade de filmes de primeiro escalão, um movimento que vai do parasitismo infame à subversão política (notório exemplo de John Carpenter no último caso). Mas o caminho da produção cultural é quase sempre tortuoso e, por isso, de uma lista de títulos abrangente e diversificada chegou-se a apenas oito filmes que compõem essa mostra: Ser ou Não Ser, Pauline na Praia, Corrida contra o Destino, Era uma Vez no Oeste, Dublê de Corpo, O Samurai e as animações de Chuck Jones e Robert Clampett. Não é uma seleção que prima pelo ineditismo, como gostaríamos; nem todos os filmes são produções B; trata-se, antes de tudo, de uma lista possível diante das dificuldades do mercado de distribuição e da urgência de responder vivamente ao ambiente cultural dado. Acreditamos, no entanto, que a travessia por diferentes autores, gêneros e suportes cria um contexto novo de apreciação mesmo para os títulos mais conhecidos, aspecto a ser reforçado pelas apresentações e debates promovidos pelos convidados (Wellington Sari e Gustavo Ulisse) e distribuição, a cada sessão, de programas impressos com textos críticos que abordam os problemas do maneirismo no cinema, as estratégias de direção de atores, as manifestações de humor e o uso da caricatura na constituição de personagens, entre outros temas. Em todos os casos são traçadas relações aos aspectos da filmografia de Quentin Tarantino, mas cabe a ressalva, no entanto, de que não se trata de meramente elaborar um mapa de referências (para isso basta ler suas entrevistas e consultar sites especializados), mas buscar afinidades, aproximações e contrastes partindo da observação crítica e sensível da obra para levantar questões de estética, dramaturgia, encenação – cinema, em suma.

Nikola Matevski

 

DIA 28/10 (quarta-feira)
18h – PAULINE NA PRAIA (França, 1983). Dir. Eric Rohmer. Com Amanda
Langlet, Arielle Dombasle, Pascal Greggory, Féodor Atkine. 94 min.
Cor. 1.37 : 1 (ImdbApresentação e texto de Wellington Sari.
19h30 – CORRIDA CONTRA O DESTINO (EUA, 1971). Dir. Richard C.
Sarafian. Com Barry Newman, Cleavon Little, Dean Jagger. 99 min. Cor.
1.85 : 1. Blu Ray. (Imdb) Apresentação e texto de Wellington Sari.
DIA 29/10 (quinta-feira)
19h30 – DUBLÊ DE CORPO (EUA, 1984) Dir. Brian de Palma. Com Craig Wasson,
Gregg Henry, Melanie Griffith. 114 min. Cor. 1.85 : 1. DVD (Imdb)
Apresentação e texto de Nikola Matevski.
DIA 30/10 (sexta-feira)
20h30 – O SAMURAI (França, Itália, 1967). Dir. Jean-Pierre Melville. Com Alain
Delon, Natalie Delon, Cathy Rosier. 105 min. Cor. 1.85 : 1 DVD (Imdb)
Apresentação e texto de Nikola Matevski.

 

Brillante Mendoza no Festival Indie.09

Posted in entrevistas, festivais, serviço with tags , on 18/09/2009 by Flávia Scherner

Hoje começa em São Paulo o Festival Indie.09 (depois de ter passado em agosto por BH). Ontem teve uma abertura pra convidados com o filme Kinatay, do diretor filipino Brillante Mendoza (que ganhou melhor diretor em Cannes esse ano).

Lá fomos nós entrevistá-lo. Ultimamente as entrevistas em inglês vão pro ar com a minha pergunta legendada e a resposta do entrevistado com “voice over” (eu falando em português a resposta por cima da voz do entrevistado). Dessa vez resolvemos fazer diferente, eu faria a pergunta em inglês e logo em seguida em português e essa é que vale pra entrar na matéria.  Expliquei o procedimento pro Brillante e lá fomos nós… Cada vez que eu terminava a pergunta em inglês, ele começava a responder sem me dar tempo de refazer a pergunta traduzida, aí eu pedia pra ele esperar um pouco que eu precisava refazer em port. e assim foram as 6 perguntas que eu fiz hehehe. Ainda bem que ele era simpático e bem humorado, demos risada cada vez que isso aconteceu.

Essa entrevista não tem data ainda pra ir ao ar… então fiquem ligados pq ficou legal! Ele conta como é fazer filmes nas Filipinas, o que mudou desde que ganhou prêmio em Cannes, semelhanças entre o cinema brasileiro e filipino e outras coisitas mais.

Quanto ao festival Indie.09, vai até dia 24 de setembro. A entrada é de graça!!!

Mostra Paulista de Cinema Nordestino 2009

Posted in festivais, serviço with tags on 15/09/2009 by Flávia Scherner

Começou essa semana a 4a Mostra Paulista de Cinema Nordestino que vai até dia 20 de setembro. Fizemos uma entrevista hoje com os organizadores da Mostra e a matéria vocês assistem no Zoom desse sábado, dia 19.

A mostra é gratuita e hoje encheu o cinema do Centro Cultural São Paulo! Vários filmes bacanas pra assitir.

II Mostra Live Cinema

Posted in festivais, serviço with tags on 03/09/2009 by Flávia Scherner

De 24 a 29 de novembro vai rolar em sampa o segundo Live Cinema. As inscrições já estão abertas! Fica esperto que é até dia 30 de setembro, ok?

Boa sorte!!

Festival de Paulínia (e oportunidade de emprego no meio do texto)

Posted in entrevistas, festivais, serviço with tags , , , , , , on 15/07/2009 by Flávia Scherner

Segunda no final do dia chegamos em Campinas pro Festival de Paulínia. Deixamos as coisas no hotel, pegamos mais um pouquinho de estrada e fomos pro local onde está rolando o evento, o Theatro Municipal de Paulínia, uma construção grandiosa, com um tapete vermelho que deixa o de Gramado no chinelo. Se bem que aqui não tem aquele alvoroço de público gritando em volta esperando as celebridades passarem.

Chegamos enquanto tava rolando a exibição de “Moscou” do Coutinho. Aproveitamos pra entrevistar o Eduardo Valente que apresentou seu primeiro longa “No meu lugar”.

Entrevistamos também a Sandra Corveloni que foi a homenageada da noite. Como sempre, me apresento ao entrevistado, mesmo se já o entrevistei me reapresento… sei lá se vão lembrar de mim né? Enfrentam tantas maratonas de entrevistas! E ela falou “sim, eu sei… assisti o zoom esse sábado!” Adoooro quando falam isso 😀

Terça fomos para o debate dos filmes apresentados na noite anterior e aproveitamos pra conversar também com o elenco do filme “No meu lugar”, a Dedina Bernardelli, o Márcio Vito e o Raphael Sil. Todos estão muito bem no longa. O papo teve que ser muito rápido, com direito a uma, no máááximo duas perguntas pq eles tinham que viajar.

À tarde fomos conhecer o novo estúdio de animação de Paulínia que inaugurou na segunda. Uma super infra. Por sinal… fica a dica aí: eles estão precisando de animadores, modeladores, profissionais de flame e designers com experiência, tem interesse? Manda o currículo pra juliana@qfx.com.br ou entrem em contato com a Secretaria de Cultura Municipal de Paulínia.

A programação aqui é a seguinte: De tarde rola exibição de filmes fora de competição, às 18h um curta regional seguido de um longa de documentário e às 20h um curta e um longa de ficção.

Não conseguimos assistir o curta regional pq ficamos fazendo entrevistas. Chegamos a tempo de conseguir ver o documentário “Só dez por cento é mentira”, de Pedro Cezar. Muito bom, o público aplaudiu entusiasmado. Saímos para entrevistar o Pedro Cezar e como conseqüência só conseguimos pegar o finalzinho do curta de ficção “Nesta data querida”, baseado numa das cartas do livro “Tudo que eu queria te dizer” da Martha Medeiros (por sinal, anota aí a dica do livro, que é muito bom!!! E tem bons argumentos pra curta).

José Joffily estreou à noite seu novo longa “Olhos Azuis”, conversamos com ele também.

Vou tentar colocar algumas fotos aqui, mas a internet não colabora muito… é leeeeenta a coitada.

Loki

Posted in serviço with tags , , on 17/06/2009 by Flávia Scherner

Gente, que gafe… esqueci de comentar aqui que no FAM nós assistimos também o documentário “Loki”, sobre o Arnaldo Baptista (Mutantes). O filme é muito bom, emocionante. O único ponto fraco é que tem dois depoimentos que estão com o foco na parede e não no entrevistado… mas não tira o brilho da história. Eu não conhecia muito a história dele. Gostei muito e recomendo!!! (lembrei de comentar agora pq tava vendo que amanhã tem pré-estréia em sampa, no Cine Bombril).